18 June 2010

José Saramago (1922-2010)

Written by Iris Watts Hirideyo ( Contact the author of this post )
Published on June 18th, 2010 @ 07:47:13 pm, using 373 words, 2807 views

As palavras são assim, disfarçam muito, vão-se juntando umas com as outras, parece que não sabem aonde querem ir, e de repente saem, simples em si mesmas, um pronome pessoal, um advérbio, um verbo, um adjectivo, e aí temos a comoção a subir irresistível à superfície da pele e dos olhos, a estalar a compostura dos sentimentos, às vezes são os nervos que não podem aguentar mais, suportaram muito, suportaram tudo, era como se levassem uma armadura, diz-se A mulher do médico tem nervos de aço, e afinal a mulher do médico está desfeita em lágrimas por obra de um pronome pessoal, de um advérbio, de um verbo, de um adjectivo, meras categorias gramaticais, meros designativos, como o são igualmente as duas melhores mais, as outras, pronomes indefinidos, também eles chorosos, que se abraçam à da oração completa, três graças nuas sob a chuva que cai. São momentos que não podem durar eternamente.

(Ensaio sobre a cegueira - José Saramago)

[More:]

Habituada já aos rumores contínuos da camarata, a mulher do médico estranhou o silêncio, um silêncio que parecia estar a ocupar o espaço de uma ausência, como se a humanidade, toda ela, tivesse desaparecido, deixando apenas uma luz acesa e um soldado a guardá-la, a ela e a um resto de homens e de mulheres que a não podiam ver.

(Ensaio sobre a cegueira - José Saramago)

Não se perguntou inutilmente de onde lhe viera um tal pensamento, apenas se surpreendeu com a lentidão dele, como a primeira palavra tinha tardado a aparecer, o vagar das seguintes, e como depois achou que o pensamento já lá se encontrava antes, onde quer que fosse, e só as palavras lhe faltavam, assim como um corpo que procurasse, na cama, o côncavo que havia sido preparado para ele pela simples ideia de deitar-se.

(Ensaio sobre a cegueira - José Saramago)

Go here and here for more quotes from Saramago’s Ensaio sobre a cegueira.

Bookmark this Post
Josť Saramago, RIP, ensaio, cegueira, blindness, quotes, palavras, durar, eternamente, verbo, adjectivo, pronome, pessoal, categorias, gramaticais, silÍncio, humanidade, luz, acesa, pensamento
scuttle co.mments Technorati del.icio.us digg SpyMy StumbleUpon backflip blinklist BlogMarks BlogMemes BuddyMarks Feed Me Links! FURL gravee Linkroll ma.gnolia netvouz reddit shadows Simpy spurL TagTooga wink Yahoo! My Web

Comments, Trackbacks, Pingbacks:

No Comments/Trackbacks/Pingbacks for this post yet...

This post has 1 feedback awaiting moderation...

Leave a comment:

Your email address will not be displayed on this site.
Your URL will be displayed.

Allowed XHTML tags: <p, ul, ol, li, dl, dt, dd, address, blockquote, ins, del, span, bdo, br, em, strong, dfn, code, samp, kdb, var, cite, abbr, acronym, q, sub, sup, tt, i, b, big, small>
(Line breaks become <br />)
(Set cookies for name, email and url)
(Allow users to contact you through a message form (your email will NOT be displayed.))

Iris' Journal

You never know what might be going through her mind... But Movies, Photography and Books will always be the likeliest subjects.
For those who don't know me in the real world, my name is not Iris.
Iris Watts Hirideyo is my virtual alter ego.
Intelligent and/or well-meaning comments pertaining to the content of the actual posts are ALWAYS welcome. Everything else will be summarily deleted. With gusto. :)
Spammers, F*** OFF!!!
Everybody else, have a nice day :)


Site Statistics

Most-viewed Posts

Most-verbose Posts

Journal Summary

  • 1160 posts written between 23 July, 2007 and 21 October, 2013
  • 696,408 total words
  • 11,083,011 total views
  • 2182 comments left by readers

Miscellany

XML Feeds

Users Currently Online

  • Guest Users: 8

The Extras

Contact the admin     Engine: b2evolution     Hosting: Hostgator.com
Content Copyright ©2007-2014 Iris Watts Hirideyo. All Rights Reserved.